O Escriba
v2.0
Uma minoria só é impotente quando se amolda à maioria (Henry D. Thoreau)

MV Bill errou o foco
         terça-feira, março 21, 2006


         
O documentário do MV Bill sobre a vida de crianças no tráfico de drogas, e quantos outros mais fizerem, são inúteis se não tocarem o dedo na ferida. As crianças no tráfico, matando e morrendo, a classe mérdia assustada, querendo vingança detrás de seus bunkers móveis e imóveis, a polícia corrupta, tudo tem uma causa única: a legislação draconiana e anacrônica em relação às drogas. Droga não é uma questão de repressão nem de polícia, é de educação e de saúde pública. Enquanto tentarem atacar o problema na marra, só vão gerar mais e mais cadáveres, cada vez mais jovens, cada vez mais ignorantes do que os matou. Por essas e outras acho que o documentário falhou em atacar o problema de frente. MV Bill disse que não glamourizou o problema, pois eu acho que o fez sem saber, quando abdicou em discuti-lo pelas premissas corretas. O que fez foi apenas jogar um monte de imagens e frases e cenas chocantes para um bando de gente que quer mais que esse pessoal do andar de baixo se f... no caso, o público do Fantástico.

E achar que o problema terá uma discussão adequada pela TV - ainda mais naquela que aposta todas suas fichas no telespectador 'Homer' - é no mínimo inocente demais. MV Bill detonou o filme Cidade de Deus porque disse que mostrava só as mazelas, nada mais. Pois acho que o filme conseguiu tocar no mesmo problema de uma forma muito mais eficaz, bonita e inteligente. O documentário abusa de imagens fortes para falar o óbvio e usa como propagador da mensagem um veículo que fala com homers, pouco dispostos a se aprofundar em qualquer tema; o filme trabalhou com a realidade para fazer arte. E, como sabemos, sem arte, somos ocos, vazios de sentido.

A discussão é mais ampla e exige medidas ousadas, não às eternas ameaças, como fez o Jornal Nacional de segunda-feira, que logo depois de longa matéria de abertura sobre o documentário, anexou uma campanha contra drogas, voltando ao lenga-lenga de que quem consome financia o tráfico. Sim sim, e daí? Todos os consumidores do mundo, dos hard-users (minoria, aqueles que causam problemas, roubam, matam, destroem lares) aos usuários recreativos (imensa maioria, trabalhadores, cumpridores de seus deveres, bons pais, profissionais reconhecidos em suas respectivas áreas) vão parar amanhã por causa disso? Será que alguém realmente acredita nisso? Esse tipo de campanha é tão idiota como aquela que aterrorizava os doentes de Aids, dizendo que Aids mata. Ora, realmente era tudo que o cara precisava, não, pra viver melhor, saber que vai morrer... Ó estupidez...

Perdi um irmão com 17 anos, morto a tiros pela polícia carioca. Seu crime? Estava no morro, no lugar errado na hora errada. Se consumia, se tinha amigos no tráfico, se frequentava a boca, não vem ao caso. Morreu como um bicho, foi 'zoado' pelos meganhas, que deram um tiro no seu peito, bicaram sua boca até abrir um belo corte, o mataram na hora, e mesmo assim levaram para o hospital, o Miguel Couto, com a clássica justificativa de que ainda respirava. Estava morto, mas não podia ficar no local, porque a cena do crime sempre tem que ser desfeita. É sempre a mesma estratégia, ninguém questiona, continuam fazendo, levando os defuntos para os hospitais para disfarçar o assassinato. Colocaram umas trouxinhas de maconha no bolso de sua bermuda, um 38 enferrujado com numeração raspada ao seu lado e roubaram seu tenis importado que meu pai dera a ele dias antes. Como ele, morrem aos milhares todos os dias, no Brasil e no mundo, pelos mesmos motivos. Tudo porque há uma questão moral que muitos ainda se recusam a discutir: o consumo de drogas legais ou ilegais sempre existiu, sempre existirá.


         # Jorge Cordeiro @ 14:49

<< Home

|


Creative Commons License
Get Firefox!


Seja assinante d'O Escriba! É só cadastrar seu email abaixo


powered by Bloglet
Defenda os Oceanos! Information Is Not Knowledge Navegando
Álbum de família
Urubus (ex-alunos do CPII)
High Times
Andy Miah
Wikipedia
Natural Resources Defense Council
Michael Moore
World Press Photo
Alan Moore
Filosofia Sufi
Attac
The Economist
BBC Brasil
Greenpeace
Warnet
O Cruzeiro digital
Subcomandante Marcos
Pedala Oposição
A For Anarchy

Blog-se
1/2 Bossa Nova e Rock'n'Roll
Projeto Luisa
Paulistanias
Idiotas da Objetividade
Primavera 1989
Lawrence Lessig
Fotolog da Elen Nas
A Noosfera
Blog do Neil Gaiman
Saturnália
Kaleidoscopio
Conversa de Botequim
Cera Quente
Blog da Regina Duarte
Coleguinhas
Cascata!
Insights
Mandrake: O Som e a Palavra
Cocadaboa
Academia
Viciado Carioca
Promiscuidade em Beagá
Stuff and Nonsense
Google Maps Mania
Laudas Críticas
Google Blog
Síndrome de Estocolmo
Tudo na Tela
Uma Coisa é Uma, Outra Coisa é Outra
Sensações
Ovelha Elétrica
Yonkis
Totally Crap
Mídia Alternativa
Guerrilla News Network
Revista Nova-E
Centro de Mídia Independente
Observatório Brasileiro de Mídia
Center For Media and Democracy
Comunix
Jornais do mundo
Disinfopedia
Agência Carta Maior
Project Censored
Stay Free Magazine
AntiWar
Red VoltaireNet
Consciência.net
Tecnologia
Electronic Frontier Foundation
Mozilla Firefox
Artigos Interessantes
Portal Software Livre BR
CNET News.com
Slashdot
Kuro5hin
Wired
Creative Commons
Engadget
Música
Downhill Battle
Soul City
Planeta Stoner
Movie Grooves
Hellride Music
Stoner Rock
Ether Music
Funk is Here
Sinister Online
Alan Lomax
Rathergood
Frank Zappa
Válvula Discos
Beatallica
Bambas & Biritas
The Digital Music Weblog
Saravá Club
8 Days In April
Violão Velho
Bad Music Radio
Creem Magazine
Detroit Rock & Roll
Afroman
Nau Pyrata
Cinema
Rotten Tomatoes
Cinema em Cena

Arquivos
Setembro 2004
Outubro 2004
Novembro 2004
Dezembro 2004
Janeiro 2005
Fevereiro 2005
Março 2005
Abril 2005
Maio 2005
Junho 2005
Julho 2005
Agosto 2005
Setembro 2005
Outubro 2005
Novembro 2005
Dezembro 2005
Janeiro 2006
Fevereiro 2006
Março 2006
Abril 2006
Maio 2006
Junho 2006
Agosto 2006
Setembro 2006
Outubro 2006
Novembro 2006
Dezembro 2006


Últimos Artigos
Convoquem o Ratinho!!
Caseiro de 38.860,00
Um mundo de ?
Ectoplasmas do roquenrol
Paródia
Entendendo a America Latina
Bússola
Gerarrrrrrrrrrrdo!
Mina de ouro
Tic Tac

Build free web site
Site
Meter
Weblog Commenting and Trackback by HaloScan.com

   Jorge Cordeiro  / Semear palavras, colher idéias Propulsões Digitais Redpogo
   Você é o seu próprio obstáculo - eleve-se sobre si mesmo