O Escriba
v2.0
Uma minoria só é impotente quando se amolda à maioria (Henry D. Thoreau)

Sai Johaben, entra Pornô
         segunda-feira, março 06, 2006


         
Sempre fui fã do Zé Rodrix músico, principalmente do trio Sá, Rodrix & Guarabyra (dentro da baleia vive mestre Jooonnaaaaaaaaaaas...), e agora que terminei mais um livro da sua trilogia sobre o templo de Jerusalém, passei a ser também fã de sua porção escritor. Acabei de ler o volume de estréia Johaben, a história da construção em 1000 a.C. do templo em Jerusalém por Salomão, filho de Davi, rei de Israel. Antes, tinha lido o Zorobabel, que é o segundo pela ordem normal (li antes porque descobri antes, fazer o quê?), que se passa 500 anos depois, no tempo de Ciro, o grande monarca persa e outras figuras menores da história antiga.

Quando soube que estava fazendo essa trilogia, imaginei algo mais pop, afinal, o cara foi um dos artífices do hilário Joelho de Porco! Qual não foi minha surpresa quando me deparei com textos primorosos, em gosto e estilo finíssimos, costurando tramas por entre fatos reais e outros nem tanto. São romances históricos de primeira, que nada ficam a dever a mestres como o finlandês Mika Waltari - que por sinal, Rodrix adora e tem como fonte inspiradora. Segue um trecho de Johaben:

Atravessamos primeiro um mar de pequenas casas construídas umas ao lado das outras, tão juntas que era quase impossível individualizá-las, e depois a linha de alicerces das muralhas da Jerusalém de Salomão, seguindo a trilha que era a continuação natural da estrada que tínhamos percorrido desde o mar, e dirigimo-nos para um grande outeiro um pouco mais à frente, atravessando uma horda desordenada de trabalhadores que carregavam pedras e as assentavam entre poeira e alarido insuportáveis. Eu cuidava que fôssemos encontrar Salomão da Judéia em seu palácio, mas os dois cocheiros se dirigiram para o alto desse outeiro, onde era maior ainda a azáfama dos obreiros, e lá, em um carro de combate puxado por quatro belíssimos cavalos negros, um homem de meia altura, cabelos anelados, barba incipiente mas muito cerrada, trajando uma curta túnica de pano branco, que se completava com um manto colorido e um turbante de pano enrolado na cabeça, cuja parte de cima era um capacete oval de metal amarelo. Seu peito era protegido por uma couraça de couro grosso incrustada em prata com as mesmas estrelas de seis pontas que ajaezavam seus cavalos. À sua volta estavam muitos outros hebreus de todas as idades, alguns mais atléticos que outros, mas todos, fossem operários, soldados ou sacerdotes, ouviam suas palavras com respeito e tratavam-no com uma deferência toda especial


Rodrix agora prepara o terceiro e último livro dessa trilogia, sobre um traidor que destrói definitivamente o sonho de construção do templo. Quando o entrevistei tempos atrás, acho que chegou a me dizer o nome da nova obra, mas não lembro mais. Memória gasta, eitcha!.

Um dos grandes baratos das obras do Rodrix são as bibliografias ao final, preciosidades que ele coletou durante anos de pesquisas - são livros, documentos, páginas na internet e fóruns de debate online, tudo compartilhado com o leitor. Além de mostrar o embasamento e fidedignidade dos textos, com toda sua engenhosidade, encaixando personagens fictícios a fatos históricos sem deixar a menor aresta, promove a circulação da informação. "Não acho justo fazer segredo desse material todo, quero mais compartilhar a informação", disse ele quando do lançamento de Zorobabel.

Pois é, mas enquanto Zé Rodrix não lança o terceiro volume da trilogia, vou dar um gás no Pornô, de Irvine Welsh. Já falei dele aqui, é a história do pessoal de Trainspotting, só que dez anos mais tarde. Já li o primeiro capítulo e acho que vou me divertir à vera. O quinto livro do ano vai ser lido rapidinho, rapidinho...


         # Jorge Cordeiro @ 23:41

<< Home

|


Creative Commons License
Get Firefox!


Seja assinante d'O Escriba! É só cadastrar seu email abaixo


powered by Bloglet
Defenda os Oceanos! Information Is Not Knowledge Navegando
Álbum de família
Urubus (ex-alunos do CPII)
High Times
Andy Miah
Wikipedia
Natural Resources Defense Council
Michael Moore
World Press Photo
Alan Moore
Filosofia Sufi
Attac
The Economist
BBC Brasil
Greenpeace
Warnet
O Cruzeiro digital
Subcomandante Marcos
Pedala Oposição
A For Anarchy

Blog-se
1/2 Bossa Nova e Rock'n'Roll
Projeto Luisa
Paulistanias
Idiotas da Objetividade
Primavera 1989
Lawrence Lessig
Fotolog da Elen Nas
A Noosfera
Blog do Neil Gaiman
Saturnália
Kaleidoscopio
Conversa de Botequim
Cera Quente
Blog da Regina Duarte
Coleguinhas
Cascata!
Insights
Mandrake: O Som e a Palavra
Cocadaboa
Academia
Viciado Carioca
Promiscuidade em Beagá
Stuff and Nonsense
Google Maps Mania
Laudas Críticas
Google Blog
Síndrome de Estocolmo
Tudo na Tela
Uma Coisa é Uma, Outra Coisa é Outra
Sensações
Ovelha Elétrica
Yonkis
Totally Crap
Mídia Alternativa
Guerrilla News Network
Revista Nova-E
Centro de Mídia Independente
Observatório Brasileiro de Mídia
Center For Media and Democracy
Comunix
Jornais do mundo
Disinfopedia
Agência Carta Maior
Project Censored
Stay Free Magazine
AntiWar
Red VoltaireNet
Consciência.net
Tecnologia
Electronic Frontier Foundation
Mozilla Firefox
Artigos Interessantes
Portal Software Livre BR
CNET News.com
Slashdot
Kuro5hin
Wired
Creative Commons
Engadget
Música
Downhill Battle
Soul City
Planeta Stoner
Movie Grooves
Hellride Music
Stoner Rock
Ether Music
Funk is Here
Sinister Online
Alan Lomax
Rathergood
Frank Zappa
Válvula Discos
Beatallica
Bambas & Biritas
The Digital Music Weblog
Saravá Club
8 Days In April
Violão Velho
Bad Music Radio
Creem Magazine
Detroit Rock & Roll
Afroman
Nau Pyrata
Cinema
Rotten Tomatoes
Cinema em Cena

Arquivos
Setembro 2004
Outubro 2004
Novembro 2004
Dezembro 2004
Janeiro 2005
Fevereiro 2005
Março 2005
Abril 2005
Maio 2005
Junho 2005
Julho 2005
Agosto 2005
Setembro 2005
Outubro 2005
Novembro 2005
Dezembro 2005
Janeiro 2006
Fevereiro 2006
Março 2006
Abril 2006
Maio 2006
Junho 2006
Agosto 2006
Setembro 2006
Outubro 2006
Novembro 2006
Dezembro 2006


Últimos Artigos
Sopro dos céus
Fênix
Carlitos
Enquanto isso, em Itaquera...
Valeu Bolívar!
Antídoto pro carnaval
Começou a encheção de saco...
Googlezon 2015
Googlezon
Rambo turco

Build free web site
Site
Meter
Weblog Commenting and Trackback by HaloScan.com

   Jorge Cordeiro  / Semear palavras, colher idéias Propulsões Digitais Redpogo
   Você é o seu próprio obstáculo - eleve-se sobre si mesmo