O Escriba
v2.0
Uma minoria só é impotente quando se amolda à maioria (Henry D. Thoreau)

Zorobabel
         quinta-feira, setembro 01, 2005


         
Tô meio sonolento, graças ao esforço que fiz para ler um livro de 700 páginas em menos de uma semana para poder entrevistar seu autor. É um frila que estou fazendo pra Editora Record, leio um livro, entrevisto o autor e mando pros caras no Rio que usam o texto como parte do material de divulgação. Desta vez foi Zorobabel, do Zé Rodrix. O livro é fantástico, o segundo de uma trilogia a ser completada em dois anos. Conversei com ele ontem (quarta-feira) no escritório de sua casa, na simpática rua Petrópolis, ali perto das avenidas Sumaré e Dr. Arnaldo. Papo delicioso, ficamos mais de duas horas falando sobre a Ordem do Templo de Jeová e maçonaria (sobre os quais fala o livro), paganismo, música, literatura, ficção científica, romances históricos. Em parte como fonte para a entrevista, mas muito de bate-papo informal mesmo. Se pudesse, voltaria mais vezes pra trocar uma idéia com o cara, que considero uma das poucas cabeças esclarecidas de nosso frágil e medíocre mundo artístico nacional.

Além desse Zorobabel, que foi pré-lançado na última Bienal do Livro do Rio e o será oficialmente nas livrarias acho que ainda em setembro, Zé Rodrix está com três outros livros no forno: Gosto Alugado (que discute os dogmas e mitos da música brasileira que são perpetuados pela mídia), O Cozinheiro do Rei (ficção histórica que se passa no Brasil imperial, se não me engano) e o terceiro volume da trilogia sobre o Templo de David e a ordem maçônica que girava em torno dele, contada agora a partir do ponto de vista de um traidor. Pela leitura do prólogo depois da entrevista pude perceber que se trata de nova obra-prima.

O texto de Rodrix é rebuscado, fácil e instigante. Falei que, por ser livro dele, esperava algo mais pop, mas sua escrita é elegante, formal e densa, algo raro na literatura brazuca.

Não li ainda o primeiro livro da trilogia, que narra a construção do Templo de David, mas já encomendei um exemplar. Logo mais coloco um dos trechos que mais me impressionou, tanto pela beleza das palavras, como pena cena em si - a dança que a sacerdotisa Ishtar faz no alto do templo de Marduq (que nada mais é do que a famosa Torre de Babel) momentos antes de se enlaçar com o rei da Babilônia em uma cerimônia sexual ritualística.

Zé Rodrix pode estar criando com Zorobabel, um Senhor dos Anéis brazuca - sem nada a dever à obra de Tolkien.


         # Jorge Cordeiro @ 14:58

<< Home

|


Creative Commons License
Get Firefox!


Seja assinante d'O Escriba! É só cadastrar seu email abaixo


powered by Bloglet
Defenda os Oceanos! Information Is Not Knowledge Navegando
Álbum de família
Urubus (ex-alunos do CPII)
High Times
Andy Miah
Wikipedia
Natural Resources Defense Council
Michael Moore
World Press Photo
Alan Moore
Filosofia Sufi
Attac
The Economist
BBC Brasil
Greenpeace
Warnet
O Cruzeiro digital
Subcomandante Marcos
Pedala Oposição
A For Anarchy

Blog-se
1/2 Bossa Nova e Rock'n'Roll
Projeto Luisa
Paulistanias
Idiotas da Objetividade
Primavera 1989
Lawrence Lessig
Fotolog da Elen Nas
A Noosfera
Blog do Neil Gaiman
Saturnália
Kaleidoscopio
Conversa de Botequim
Cera Quente
Blog da Regina Duarte
Coleguinhas
Cascata!
Insights
Mandrake: O Som e a Palavra
Cocadaboa
Academia
Viciado Carioca
Promiscuidade em Beagá
Stuff and Nonsense
Google Maps Mania
Laudas Críticas
Google Blog
Síndrome de Estocolmo
Tudo na Tela
Uma Coisa é Uma, Outra Coisa é Outra
Sensações
Ovelha Elétrica
Yonkis
Totally Crap
Mídia Alternativa
Guerrilla News Network
Revista Nova-E
Centro de Mídia Independente
Observatório Brasileiro de Mídia
Center For Media and Democracy
Comunix
Jornais do mundo
Disinfopedia
Agência Carta Maior
Project Censored
Stay Free Magazine
AntiWar
Red VoltaireNet
Consciência.net
Tecnologia
Electronic Frontier Foundation
Mozilla Firefox
Artigos Interessantes
Portal Software Livre BR
CNET News.com
Slashdot
Kuro5hin
Wired
Creative Commons
Engadget
Música
Downhill Battle
Soul City
Planeta Stoner
Movie Grooves
Hellride Music
Stoner Rock
Ether Music
Funk is Here
Sinister Online
Alan Lomax
Rathergood
Frank Zappa
Válvula Discos
Beatallica
Bambas & Biritas
The Digital Music Weblog
Saravá Club
8 Days In April
Violão Velho
Bad Music Radio
Creem Magazine
Detroit Rock & Roll
Afroman
Nau Pyrata
Cinema
Rotten Tomatoes
Cinema em Cena

Arquivos
Setembro 2004
Outubro 2004
Novembro 2004
Dezembro 2004
Janeiro 2005
Fevereiro 2005
Março 2005
Abril 2005
Maio 2005
Junho 2005
Julho 2005
Agosto 2005
Setembro 2005
Outubro 2005
Novembro 2005
Dezembro 2005
Janeiro 2006
Fevereiro 2006
Março 2006
Abril 2006
Maio 2006
Junho 2006
Agosto 2006
Setembro 2006
Outubro 2006
Novembro 2006
Dezembro 2006


Últimos Artigos
Que situação...
Esse ACMzinho vai longe...
O samba em sampa
Dica da Semana
Webclips
O Lada voltou
Googlemania
Um prozac, por favor
Enterro
31 minutos

Build free web site
Site
Meter
Weblog Commenting and Trackback by HaloScan.com

   Jorge Cordeiro  / Semear palavras, colher idéias Propulsões Digitais Redpogo
   Você é o seu próprio obstáculo - eleve-se sobre si mesmo