O Escriba
v2.0
Uma minoria só é impotente quando se amolda à maioria (Henry D. Thoreau)

Schopenhauer
         terça-feira, junho 28, 2005


         
No domingo saiu um artigo bem interessante no caderno de cultura do Estadão sobre o lançamento do livro Sobre o Ofício do Escritor, de Arthur Schopenhauer. Trata-se de um fragmento da obra Parerga e Paralipomena (eita nomezinho complicado...) do filósofo que influenciou Nietzsche e combateu a empolação de Hegel. Sou fã desse cara.

Foi esse livro que me fez entender porque nunca fui muito fã das novidades (seja no cinema, nos livros ou na música), porque eu sempre demorava para descobrir coisas que todo mundo parecia já conhecer. Eu sempre parecia (e ainda pareço) estar uns dois ou três passos atrás... Claro que não ficava totalmente ignorante sobre o que acontecia no momento, mas gostava de praticar uma certa arqueologia, descobrindo autores, músicos, compositores, cineastas antigos, dos quais poucos se falava. "Tanta coisa boa lá atrás e tem gente perdendo tempo com esse lixo?!?", argumentava em discussões na faculdade, quando dizia que preferia os autores clássicos aos atuais. Na música um pouco menos, cinema idem, mas mesmo assim, entre ver o novo arrasa-quarteirão do Spielberg no cinema e alugar um velho título do Sérgio Leone, fico com a segunda opção...

Como bem diz o filósofo no segundo texto do livro, Da Leitura e dos Livros, o livro (e eu extendo para a arte em geral) virou puro modismo (vide Bienal do Livro no Rio, em que as celebridades tomaram conta...). Todo mundo corre alucinadamente atrás da última novidade, só para estar a par da novidade. Para ser visto na exposição, pré-estréia ou noite de autógrafos. "Olha como ele é antenado!"

A arte virou mercadoria (como tudo nesses tempos de globalização consumista... viva o capitalismo!!) e vale tudo! Até esquecer a produção do passado em nome de um progresso ad infinitum que vai moendo o passado sem dó nem piedade. Quando alguém me pergunta: tu já escutou o novo disco dos Strokes ou do Franz Ferdinand ou alguma merda do tipo, respondo: não, estou curtindo o som do Yusef Lateef da década de 1960...

Não se trata de nostalgia elitista, não. Apenas sei que tem um monte de coisa boa que passou e não tive oportunidade de conhecer. A mídia e a máquina marqueteira do capitalismo consumista me empurra um monte de cacareco todos os dias mas tenho consciência de que não sou obrigado a engolir tudo isso, oras.

Schopenhauer afirmava que mais do que ler muito, é preciso meditar muito sobre o que se lê. Caso contrário, qual a graça? Assim podemos formar nosso gosto e começarmos a selecionar o que realmente importa e o que pode e deve ser dispensado.

Pois é, o problema é explicar isso para uma galera cada vez mais classe média... o mundo está ficando classe média, que bosta... Do tipo que aceita tudo, desde que bem embalado. Seja na livraria, no cinema, na música e até nos jornais... Por eles, a vida cultura seria uma grande loja Daslu, saca?


         # Jorge Cordeiro @ 11:13

<< Home

|


Creative Commons License
Get Firefox!


Seja assinante d'O Escriba! É só cadastrar seu email abaixo


powered by Bloglet
Defenda os Oceanos! Information Is Not Knowledge Navegando
Álbum de família
Urubus (ex-alunos do CPII)
High Times
Andy Miah
Wikipedia
Natural Resources Defense Council
Michael Moore
World Press Photo
Alan Moore
Filosofia Sufi
Attac
The Economist
BBC Brasil
Greenpeace
Warnet
O Cruzeiro digital
Subcomandante Marcos
Pedala Oposição
A For Anarchy

Blog-se
1/2 Bossa Nova e Rock'n'Roll
Projeto Luisa
Paulistanias
Idiotas da Objetividade
Primavera 1989
Lawrence Lessig
Fotolog da Elen Nas
A Noosfera
Blog do Neil Gaiman
Saturnália
Kaleidoscopio
Conversa de Botequim
Cera Quente
Blog da Regina Duarte
Coleguinhas
Cascata!
Insights
Mandrake: O Som e a Palavra
Cocadaboa
Academia
Viciado Carioca
Promiscuidade em Beagá
Stuff and Nonsense
Google Maps Mania
Laudas Críticas
Google Blog
Síndrome de Estocolmo
Tudo na Tela
Uma Coisa é Uma, Outra Coisa é Outra
Sensações
Ovelha Elétrica
Yonkis
Totally Crap
Mídia Alternativa
Guerrilla News Network
Revista Nova-E
Centro de Mídia Independente
Observatório Brasileiro de Mídia
Center For Media and Democracy
Comunix
Jornais do mundo
Disinfopedia
Agência Carta Maior
Project Censored
Stay Free Magazine
AntiWar
Red VoltaireNet
Consciência.net
Tecnologia
Electronic Frontier Foundation
Mozilla Firefox
Artigos Interessantes
Portal Software Livre BR
CNET News.com
Slashdot
Kuro5hin
Wired
Creative Commons
Engadget
Música
Downhill Battle
Soul City
Planeta Stoner
Movie Grooves
Hellride Music
Stoner Rock
Ether Music
Funk is Here
Sinister Online
Alan Lomax
Rathergood
Frank Zappa
Válvula Discos
Beatallica
Bambas & Biritas
The Digital Music Weblog
Saravá Club
8 Days In April
Violão Velho
Bad Music Radio
Creem Magazine
Detroit Rock & Roll
Afroman
Nau Pyrata
Cinema
Rotten Tomatoes
Cinema em Cena

Arquivos
Setembro 2004
Outubro 2004
Novembro 2004
Dezembro 2004
Janeiro 2005
Fevereiro 2005
Março 2005
Abril 2005
Maio 2005
Junho 2005
Julho 2005
Agosto 2005
Setembro 2005
Outubro 2005
Novembro 2005
Dezembro 2005
Janeiro 2006
Fevereiro 2006
Março 2006
Abril 2006
Maio 2006
Junho 2006
Agosto 2006
Setembro 2006
Outubro 2006
Novembro 2006
Dezembro 2006


Últimos Artigos
Fantasmas
O Ponto limite
Rocky
Cena deprimente
Jornalismo participativo
Por falar em novidades
Para tirar o estresse da semana
Bufão na TV
Programa imperdível
A senha

Build free web site
Site
Meter
Weblog Commenting and Trackback by HaloScan.com

   Jorge Cordeiro  / Semear palavras, colher idéias Propulsões Digitais Redpogo
   Você é o seu próprio obstáculo - eleve-se sobre si mesmo