O Escriba
v2.0
Uma minoria só é impotente quando se amolda à maioria (Henry D. Thoreau)

Racional
         sexta-feira, janeiro 27, 2006


         

Parece que enfim o melhor disco da carreira de Tim Maia será oficialmente lançado em CD. A gravadora Trama anunciou que vai colocar nas lojas o clássico Tim Maia Racional, gravado em 1975 na época em que o síndico estava absorto na piração da seita Universo em Desencanto. Será que virão os dois volumes ou só o primeiro, mais famoso?

Aliás, a seita continua ativíssima e tem até um bloco que desfila no carnaval de São Paulo, onde parece que tem hoje mais adeptos do que no Rio (mais precisamente a Baixada Fluminense), onde nasceu, se criou e ficou famosa.

Manoeeeel, o maior homem do mundo, homem sábio e profundo, semeou conhecimento, missionário da pureza, fez brilhar ó que beleza, essa nova geração... (canta Tim, na vinheta O Grão Mestre Varonil. Graças a ela é possível afirmar categoricamente: 90% dos cantores brasileiros de hoje não cantam porra nenhuma...)


Quando Tim desencanou da viagem racional, proibiu novas edições do disco, que passou a ser item valioso disputado a muitos cifrões nas feiras e lojinhas descoladas Brasil afora. Com a popularização dos gravadores de CD e redes P2P, o Tim Maia Racional ganhou uma puta notoriedade, as músicas eram tocadas nas festas (fiz o DJ do meu casamento tocar O Caminho do Bem, em 2000. Mais tarde esse som entrou para a trilha sonora de Cidade de Deus, do Fernando Meirelles) e as cópias dos discos passaram a circular freneticamente pelo eixo Rio-SP.

Eu cheguei a ver e escutar um LP original no final da década de 1980, era tratado como relíquia arqueológica, tínhamos um cuidado danado pra por no toca-discos... :) Na feira da Benedito Calixto, um desses custa fácil uns R$ 200 - se não for mais. Uma das primeiras coisas que fiz quando cheguei a São Paulo em 1999 foi ir à Galeria do Rock no centro e comprar o CDR que vinha com duas músicas bônus - Ela Partiu e Meus Inimigos.

O disco é precioso não só por causa do mito gerado em torno dele devido à proibição imposta pelo Tim, mas também porque traz o cara no auge da forma, sua voz límpida e cristalina. Ele tinha se afastado do álcool, das drogas (menos o cigarro, que obrigava o pessoal da seita comprar escondido pra ele) e das baladas. O que consegue fazer na canção Contato com o Mundo Racional, a minha preferida, é coisa de outro mundo...

Além de cantar maravilhosamente bem, toca bateria e baixo em algumas faixas. Reza a lenda que as músicas foram gravadas com outros nomes, arranjos e letras um tempo antes, num estúdio lá de Copacabana. Mas como ele logo depois entrou para a seita, as letras foram mudadas e transformadas em propaganda do livro Universo em Desencanto. Será que alguém ainda tem essas letras ou mesmo as gravações originais?

Bom, de qq maneira, a iniciativa da Trama é bem-vinda. Parece que envolveu anos de exaustivas negociações. O João Marcello gosta de música, é um cara do bem, está de parabéns. Só quero ver, no entanto, quanto vão cobrar pelo CD. Se enfiarem a faca, vão tomar um toco e tanto da dupla CDR/P2P...


         # Jorge Cordeiro @ 00:32

<< Home

|


Creative Commons License
Get Firefox!


Seja assinante d'O Escriba! É só cadastrar seu email abaixo


powered by Bloglet
Defenda os Oceanos! Information Is Not Knowledge Navegando
Álbum de família
Urubus (ex-alunos do CPII)
High Times
Andy Miah
Wikipedia
Natural Resources Defense Council
Michael Moore
World Press Photo
Alan Moore
Filosofia Sufi
Attac
The Economist
BBC Brasil
Greenpeace
Warnet
O Cruzeiro digital
Subcomandante Marcos
Pedala Oposição
A For Anarchy

Blog-se
1/2 Bossa Nova e Rock'n'Roll
Projeto Luisa
Paulistanias
Idiotas da Objetividade
Primavera 1989
Lawrence Lessig
Fotolog da Elen Nas
A Noosfera
Blog do Neil Gaiman
Saturnália
Kaleidoscopio
Conversa de Botequim
Cera Quente
Blog da Regina Duarte
Coleguinhas
Cascata!
Insights
Mandrake: O Som e a Palavra
Cocadaboa
Academia
Viciado Carioca
Promiscuidade em Beagá
Stuff and Nonsense
Google Maps Mania
Laudas Críticas
Google Blog
Síndrome de Estocolmo
Tudo na Tela
Uma Coisa é Uma, Outra Coisa é Outra
Sensações
Ovelha Elétrica
Yonkis
Totally Crap
Mídia Alternativa
Guerrilla News Network
Revista Nova-E
Centro de Mídia Independente
Observatório Brasileiro de Mídia
Center For Media and Democracy
Comunix
Jornais do mundo
Disinfopedia
Agência Carta Maior
Project Censored
Stay Free Magazine
AntiWar
Red VoltaireNet
Consciência.net
Tecnologia
Electronic Frontier Foundation
Mozilla Firefox
Artigos Interessantes
Portal Software Livre BR
CNET News.com
Slashdot
Kuro5hin
Wired
Creative Commons
Engadget
Música
Downhill Battle
Soul City
Planeta Stoner
Movie Grooves
Hellride Music
Stoner Rock
Ether Music
Funk is Here
Sinister Online
Alan Lomax
Rathergood
Frank Zappa
Válvula Discos
Beatallica
Bambas & Biritas
The Digital Music Weblog
Saravá Club
8 Days In April
Violão Velho
Bad Music Radio
Creem Magazine
Detroit Rock & Roll
Afroman
Nau Pyrata
Cinema
Rotten Tomatoes
Cinema em Cena

Arquivos
Setembro 2004
Outubro 2004
Novembro 2004
Dezembro 2004
Janeiro 2005
Fevereiro 2005
Março 2005
Abril 2005
Maio 2005
Junho 2005
Julho 2005
Agosto 2005
Setembro 2005
Outubro 2005
Novembro 2005
Dezembro 2005
Janeiro 2006
Fevereiro 2006
Março 2006
Abril 2006
Maio 2006
Junho 2006
Agosto 2006
Setembro 2006
Outubro 2006
Novembro 2006
Dezembro 2006


Últimos Artigos
Então tá então
Os 300 estão chegando...
Pensamento do dia
Wilson "The Wicked" Pickett
Manipulação pouca é bobagem
Opus Dei em marcha
Pai do LSD completa 100 anos
Rufando os tambores
Bem-vinda ao clube!
Pingos nos iis

Build free web site
Site
Meter
Weblog Commenting and Trackback by HaloScan.com

   Jorge Cordeiro  / Semear palavras, colher idéias Propulsões Digitais Redpogo
   Você é o seu próprio obstáculo - eleve-se sobre si mesmo